quinta-feira, 17 de outubro de 2013

32º dia - A história do salmão grelhado

Eu estava super preocupada porque, apesar de não ter sentido fome após o almoço do primeiro dia da dieta da nutri, eu senti muita muita muita fome no jantar. E a nutri havia me prometido nada de fome!!!
Então, ontem, quando fui escolher o filé de salmão. A nutricionista disse que salmão é tudo de bom e que eu posso comer o tanto que eu quiser.
Veja bem o que ela disse:

QUE EU PODIA COMER
O TANTO QUE EU QUISESSE!!!

Minha mente de gorda processou essa informação mais ou menos assim:


Só que com o prato cheio de salmão, obviamente.
É sério!!!!
Minha mente de gorda é capaz de deturpar qualquer frase, desde que a interpretação seja a favor de comer mais. Hermenêutica seletiva, sabe como é...
Sim, mas voltando ao assunto. Eu fiz como a nutri mandou. Medi o salmão usando a palma da minha mão. Só que eu nunca havia preparado salmão. Na verdade, só gosto desse peixe cru. A única vez que o comi cozido eu odiei.
Então, me lembrei de ter visto um dia desses um post num blog ensinando a preparar e resolvi testar a receita.
Olha como ficou:


A salada é apenas alface, tomate,cebola, cheiro verde, pepino e repolho. O molho dessa salada fiz com uma colher de chá de azeite, vinagre de maçã, vinho branco, alho, orégano, sal e pimenta do reino.O salmão eu preparei tal e qual está escrito aqui. Quer dizer, exatamente igual não, porque o meu estava bem passado.
Vocês não estão entendendo o tanto que isso ficou gostoso. E, acima de tudo, SAUDÁVEL!
Ficou tão bom, mas tão bom que eu nem podia acreditar. Se me dissessem que era um prato de restaurante caro eu teria acreditado na hora.
Mas o melhor ficou pro final: não consegui comer o prato todo.
Era muita carne! Muita salada! Não consegui!!! Pela primeira vez em sei lá quantos milhões de anos eu fiz meu prato e não fui capaz de comer ele todo.
Eu tinha direito a uma fruta de sobremesa e não quis.
Eu tinha direito a um Molico na ceia, mas não bebi.
Eu fui dormir bastante saciada mesmo!
Tomei só o chá verde manipulado porque tinha essa obrigação.
Espero que esse seja o começo de um novo pensamento se enraizando na minha consciência.
Um novo pensamento.
Uma nova era.
Uma nova EU!!!

Nenhum comentário: